Um fim de semana jornalístico!

No último final de semana eu estive em contato com um pedaço do mundo do jornalismo!!

Freepik

Para quem não sabe, eu estou no último ano do Ensino Médio integrado com Curso Técnico. Sim, com 21 anos ainda no EM (aqueles de quem eu ri por terem repetido de ano na época do fundamental, devem estar rindo de mim agora). Faço Eletrônica e estou caçando minha próxima jornada que é entrar na faculdade. ENEM pra cá, SISU pra lá, fechamento de semestre pra todos os lados e um foco: o mundo do jornalismo.
Desde quando saí da Estadual para entrar no Instituto Federal, estive atrás do que eu gostaria de fazer em meu futuro: quando eu era pequeno, gostava de Geografia; nos laboratórios do primeiro ano e na química orgânica, pensei em me aventurar pelo mundo da Química; mas nunca tinha pensado em usar minhas palavras e o que eu sei da vida (que é muito pouco) para comunicar e trazer notícias.

Sempre gostei de escrever. Aprendi a ler e escrever com 3 anos e sempre tive uma história muito expressiva com a leitura (coisa que posso falar em outro post). Escrevi inúmeras histórias na infância, e conforme fui entrando no mundo na internet, tive vários blogs e sites de notícias, além de criar páginas de facebook e cuidar do Ministério de Comunicação lá da igreja.
Comunicar é algo mágico. Levar notícias, novidades, informações, sugestões é algo que eu sempre gostei, mesmo quando não pensava em jornalismo. Saber que coisas legais são transmitidas por meio daquela mensagem que você transmitiu, ou por aquela indicação que você fez é incrível, ainda mais quando podemos usar esses meios de comunicação para levar a Palavra de Deus. Partiu jornalismo? Com certeza!!

Eli Soares e Banda | Adorasons - 04/02/2016 | Foto: Gabriel Monteiro

Voltando ao início do post. Quando fui convidado pela Inglith do Macaé Tips, para estar na equipe de seu site na cobertura do Adorasons Expo Music Gospel, aceitei na hora.

Foi algo bem básico: divulgação e cobertura nas redes sociais. Básico, mas aproveitador ao extremo. Quando anunciaram que talvez falaríamos com algum artista, a hora da pesquisa se intensificou e mesmo naquele nervosismo de aprendiz, algo bem legal foi passado (só não deu muito tempo de fazer entrevistas). Um jovenzinho de 21 anos com seu MotoG3 travando pra caramba no meio dos adultos radialistas e produtores de conteúdo mais experientes com super câmeras de mais de cinco mil reais.

Acompanhamos shows de Fernandinho, DJ PV, Eli Soares, Salomão do Reggae, Ana Nóbrega, André e Felipe, Raquel Mello, Sarando a Terra Ferida e cantores mais locais e estaduais, como Bruno Lee, Patrícia Francy, Dany Silva, Conexão Black, El Olam e Pastora Damiana. Além disso conhecemos alguns desses cantores que gravaram mensagens para a página do Macaé Tips (clique aqui e confira).

O jornalismo é algo que vai muito além de somente estar nos bastidores produzindo conteúdo, mas essa experiência é algo que irei levar para toda minha vida. Partiu jornalismo? SIM! Agora me especializando em música gospel talvez.

E esse passe de imprensa vai ficar guardadinho aqui em casa.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.